Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2010

A Bomba Nuclear brasileira

José Goldemberg: “O Brasil quer a bomba atômica”
Para o físico, ao defender o direito nuclear do Irã, Lula deixa a porta aberta para fazer a bomba
Peter Moon
O Brasil aderiu ao Tratado de Não Proliferação Nuclear (TNP) em 1998, durante o governo FHC. O tratado tem 189 signatários. Entre as exceções estão Israel, Paquistão, Índia e Coreia do Norte – países detentores de arsenais nucleares. Desde 2008, os Estados Unidos pressionam o Brasil a assinar o Protocolo Adicional do TNP. Mais restritivo, o protocolo obriga os países a abrir quaisquer instalações suspeitas à inspeção. O Irã não aderiu e construiu uma usina secreta, revelada em 2009. O Brasil se recusa a assinar o protocolo e defende o direito do Irã de ter a energia nuclear – oficialmente apenas para fins pacíficos. Para o físico José Goldemberg, uma autoridade internacional em assuntos de energia, essas são evidências, somadas a outras, de que o Brasil busca a posse de armas nucleares.

ENTREVISTA - JOSÉ GOLDEMBERG

QUEM É
G…

Amada amante

Esse é o título do livro que está sendo lançado pela Editora Best-Seller, da terapeuta americana Rona B. Subotnik. O assunto, como já deu para perceber, é a situação da amante do homem casado. Há quem se envolva com eles pensando apenas em diversão e prazer. Mas certamente a maioria das mulheres tem esperança de que um dia o caso clandestino vai virar oficial.

Tenho amigas que, dizem, jamais se envolveriam com homens casados. Outras já se envolveram, se apaixonaram – e a maioria saiu com saldo negativo da experiência. Depois ficaram bem – a fila anda! -, mas passaram por momentos muito ruins, que as deixaram com a autoestima no pé.

Por mais que o tempo passe, analisa Rona, as amantes ainda são vistas como “destruidoras de lares” – sem que se dê conta de que, antes de elas aparecerem o relacionamento já estava destruído. Mas não é da questão moral que a autora quer se ocupar. Seu foco é essa mulher, que às vezes se apaixona por um homem que ela não sabe que é casado, ou às vezes sabe, …

A Pedofília

Bento XVI lança dura crítica contra autoridades belgas
Papa chama de "lamentáveis" ações da polícia durante investigações sobre casos de pedofilia
Numa rara censura às ações de uma nação soberana, o papa Bento XVI qualificou de "lamentáveis e surpreendentes", neste domingo, as batidas que as autoridades belgas realizaram em propriedades da Igreja Católica naquele país, no curso de investigações sobre pedofilia. As críticas constam de uma carta enviada ao primaz da Bélgica, André-Joseph Léonard.

Na semana passada, a polícia belga deteve bispos por nove horas, confiscou computadores e até danificou as tumbas de dois cardeais em busca de documentos que pudessem esclarecer detalhes de casos de abuso sexual cometidos por padres contra menores. A Bélgica é um dos países europeus onde o clamor contra clérigos acusados de pedofilia se tornou mais duro.

No sábado, o cardeal Tarcísio Bertone, secretário de estado do Vaticano, já havia criticado duramente a justiça belga.…