Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2013
Imagem
Sobrevivente de família russa isolada do mundo continua a viver na Sibéria PUBLICIDADE DE SÃO PAULO A única sobrevivente de uma família russa que se afastou do contato com a civilização durante mais de 40 anos completa 70 anos vivendo no mesmo lugar em que foi achada --uma montanha a 1.800 m de altura e a 250 km de distância de qualquer povoado, nas profundezas da Sibéria. A história de Agafia Lykov e sua família --contada em recente reportagem da revista do instituto Smithsonian-- foi descoberta em 1978, quando geólogos a bordo de um helicóptero detectaram sinais de presença humana em área supostamente inabitada no sul da então União Soviética. Sobrevivente de família isolada continua a viver na Sibéria Ver em tamanho maior »