Google+ Badge

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

FMS (Fórum Social Mundial)





FSM reúne 123 países, Palestina e Curdistão

O Fórum Social Mundial Dacar 2011 receberá participantes e organizações de 123 países, além da Palestina e Curdistão, durante os seis dias de evento que acontece na capital senegalesa de 6 a 11 de fevereiro. A maioria vem dos vizinhos africanos (45), seguidos dos europeus (29), asiáticos (22), centro-americanos e caribenhos (12), sul-americanos (10), norte-americanos (3) e países da oceania (2), além da Palestina e do Curdistão. A expectativa do Comitê Organizador é de receber 50 mil pessoas.

A marcha de abertura acontecerá dia 6, com saída prevista, às 13h, da sede da Radio Television Senegalaise (RTS) - Triangle Sud x avenue Malick SY-BP, 1.765 -, próxima à Grande Mesquita de Dacar. O local de chegada será a Universidade Cheikh Anta Diop, que abrigará as atividades do Fórum nos dias seguintes, onde a Banda afro-brasileira Ilê Aiyê dará as boas-vindas aos participantes.

As quase mil atividades autogestionadas, propostas por parte das 1.205 organizações inscritas, estarão distribuídas nos 12 eixos temáticos, durante os dias 8 e 9, antecedidas pelo Dia da África e da Diáspora (7) momento de forte expressão no Fórum. Gastos militares, crise alimentar, subdesenvolvimento, agricultura familiar, saúde, seguridades social, acesso à água e a saneamento, lei e governança estão entre os temas que serão dedicados a este dia. Ainda no dia 7, o ex-presidente brasileiro Luis Inácio Lula da Silva participará com o presidente do Senegal, Abdou Layewade, da mesa A África na geopolítica mundial, marcada para acontecer das 12h30 às 15h30. Outro presidente confirmado no FSM é Evo Morales, da Bolívia.

Taoufik Ben Abdallah, integrante dos Conselhos Africano e Internacional do Fórum Social Mundial, além do Comitê Organizador, reforça a necessidade de “ouvir os povos”. “A situação da Tunísia, Costa do Marfim e Egito recebe eco no mundo por vivenciar situações comuns a vários países. Queremos que o FSM2011 seja como um receptáculo de energias e impulsionador de capacidades dos povos para melhorarem suas próprias vidas. Queremos um Fórum por alternativas populares e democráticas e por valores universais compartilhados.”

Para Chico Whitaker, do Conselho Internacional do Fórum Social Mundial, Dacar não será um evento com muitos participantes, como o de Belém (Brasil) que reuniu 150 mil pessoas. “Isso porque de 80% dos países africanos tem 15 vezes menos habitantes que o Brasil. Mas este Fórum será bem-sucedido em muitos outros aspectos. Participantes de outros países no mundo são muito numerosos e contaremos com pessoas importantes como Lula, um ex-presidente do Brasil, que participará como cidadão comum. Além disso, o Fórum de Dacar terá um grande número de encontros pela internet com grupos locais e de vários países (só na França, haverá 70 !).”

A programação geral do evento está organizada da seguinte maneira:

1º dia (6/02/2011): Marcha de Abertura

2º dia (7/02/2011): Dia da África e da Diáspora

3º dia (8/02/2011): Atividades autogestionadas

4º dia (9/02/2011): Atividades autogestionadas

5º dia (10/02/2011): Assembleias de convergência para a ação

6º dia (11/02/2011): Assembleias de convergência para a ação / Encerramento

Mais informacões:
Site oficial do evento: http://fsm2011.org/br